Aumentar a temperatura do esquentador aumenta o consumo de gás?

A temperatura deve ser superior a 50ºC.

A temperatura mínima de fornecimento de água quente sanitária deve ser superior a 50ºC por questões sanitárias mas também por questões de utilidade nomeadamente para tarefas de limpeza e lavagem.

As torneiras são misturadoras precisamente para que o utilizador possa usar água quente, temperada ou fria. Países como a França e a Alemanha definem a temperatura mínima de fornecimento nos 55ºC.

Comparação do consumo energético para diferentes temperaturas no esquentador.

Considera-se uma instalação com um esquentador e um chuveiro com caudal de 9l/min com uma temperatura de banho de 38ºC. Note-se que o caudal do chuveiro é uma característica da misturadora e do chuveiro utilizado.

Situação A – o caudal de banho é a soma de 6,5L/min de água quente e 2,5L/min de água fria.

Situação B – o caudal de banho é a soma de 4,6L/min de água quente e 4,4L/min de água fria.

Na situação A, o esquentador vai aquecer um caudal de 6,5L/min de 20ºC até 45ºC, consumindo cerca de 0,27KWh.

Na situação B, o esquentador vai aquecer um caudal de 4,6L/min de 20ºC até 55ºC consumindo a mesma quantidade de gás, cerca de 0,27KWh.

Conclusão:

Aumentar a temperatura do esquentador (>50ºC) é recomendável e não representa um consumo adicional de gás.

← VOLTAR À PÁGINA INICIAL